Pular para o conteúdo principal

Resenha - Entre céu e a terra

Estou fascinada com a leitura deste livro há muito eu não lia algo tão bom, a escritora narra fatos ricos em detalhes, Paula McLain demonstra grande conhecimento sobre o lugar e o tema, é magnifico a forma que ela fala sobre a Africa, ela passa paixão em cada descrição, a escritora quer que você se apaixone pelo Quênia, mas além disso ela faz duras criticas sócias, critica a alma humana e compara a sua personagem principal com o espirito livre de um animal, mas sem deixar de lado as poesias da vida, o que seria de nós sem poesia.
O livro é baseado na vida de Beryl, conta fatos reais, de seu drama, sua luta por reconhecimento como individuo, ela não nasceu para ser uma dama da sociedade, mas sim como uma mulher que veio ao mundo para desafiar os homens, a sociedade e seus próprios limites.
A leitura me cativou desde o principio, pois conta as primeiras aventuras de Beryl quando criança, de seu  espirito livre, indomável e competitivo,  foi nesse ponto que a história me interessou e a cada pagina fica ainda melhor com sofrimento, angustia, luta pela liberdade, amores e paixões.

"Ambientado na majestosa paisagem da África do início do século XX, este envolvente romance histórico nos transporta para o mundo exótico e pleno de incríveis aventuras de uma jovem inglesa com espírito livre e selvagem, criada em meio a europeus em uma tribo nativa do Quênia. É na passagem para a vida adulta, no entanto, que Beryl Markham aprende que os prazeres da liberdade têm muitas nuances e, invariavelmente, um preço. Entre o céu e a terra revela mais uma vez o talento inato de Paula McLain de encantar seus leitores com tramas audaciosas e envolventes. Neste livro, McLain relata com maestria a história de Beryl, uma mulher invejavelmente corajosa e independente à frente de seu tempo, que não tinha medo de se lançar com tenacidade e exuberância a todas as suas paixões."


Este é o poema de Percy Shelley que me chamou a atenção no livro recitado por Denys Finch Hatton, o homem dos sonho de Beryl.


Tenho que confessar que a capa americana me chamou  mais a atenção, gostei muito desta capa, pois ao fundo tem a savana que a Beryl tanto amava, a imagem dela vestida com suas vestis favoritas, se sentindo a vontade e contemplativa, por vezes enquanto eu lia o livro eu a imaginei exatamente assim.



Paula McLain nasceu em Fresno, Califórnia , em 1965. Depois de ser abandonado por ambos os pais , ela e suas duas irmãs se tornaram enfermarias do Tribunal Sistema California , movendo-se dentro e fora de vários lares adotivos para os próximos quatorze anos . Quando ela com idade fora do sistema , ela se sustentava trabalhando como auxiliar de enfermagem em um hospital de convalescença , uma menina de entrega de pizza , um trabalhador auto - planta, um coquetel garçonete - antes de descobrir que ela poderia (e queria muito ) gravação. Ela recebeu seu MFA na poesia da Universidade de Michigan em 1996.


Para concluir espero que gostem pois eu me apaixonei pelo livro, e quero ler o outros livros desta autora, se ficaram interessados posso sugerir Casados com Paris, em breve vou ler e fazer a resenha deste livro para vocês, até a próxima resenhas!

















Postagens mais visitadas deste blog

Melhores Séries, Trilogias e Sagas

As séries andam fazendo grande sucesso na literatura; podemos passar horas viajando neste mundo, assistindo as adaptações, e descobrindo as novidades! O grande diferencial das sagas é a sequencia, e por isto acabamos nos envolvendo de forma mais intensa,ficamos loucos pelos os laçamentos e passamos à ficar procurando por novas sagas!
Então o Mosaico de Livros separa aqui para vocês algumas das séries que andam tendo reconhecimento estrondoso entre os leitores. Neste clima de ferias escolha a sua, pegue os óculos, uma xícara de café e se aconchegue no sofá!



1- A Mediadora
A mediadora, escrito por nossa adorada Meg Cabot escritora da série de livros O Diário da Princesa.
Falar com um fantasma pode ser assustador. Ter a habilidade de se comunicar com todos eles então é de arrepiar qualquer um. A jovem Suzannah seria uma adolescente nova-iorquina comum, com seu indefectível casaco de couro, botas de combate e humor cáustico, se não fosse por um pequeno detalhe: ela conversa com mortos. Suzann…

William Shakespeare

Um gênio da literatura, mundialmente conhecido, um dos escritores mais famoso do mundo e o mais apaixonado, criador dos mais belos sonetos da língua inglesa, desde pequenos ouvimos falar sobre ele, em filmes, livros, revistas e jornais, nos encantamos por suas obras, são fascinantes simplesmente apaixonantes. Eu realmente gostaria de saber se William de fato amou alguém como ele descreve, poderia um homem amar desta forma? Ainda não sei essa resposta talvez nunca saberei, mas sei que vou acreditar ser possível, pois as obras de William são compostas com uma profunda paixão da qual nunca vi em outro escritor, William ainda dá preciosos conselhos para a vida em outras obras.
O que mais posso dizer sobre este escritor genial que conquistou o mundo com suas obras poéticas e apaixonadas, sou grande fã dele assim como a Jane Austen, Sigmund Freud, Goethe e o brasileiro Machado de Assis.

Biografia resumida e obras 

Shakespeare é considerado um dos mais importantes dramaturgos e escritores de to…

Primavera

Então a primavera chegou abra as janelas e deixe que ela entre, sinta o aroma das flores que percorre o ar, se deleite com as cores vivas das pétalas que apenas a primavera pode proporcionar. Este breve instante da natureza  nos faz apaixonar pela vida, seja bem vida primavera, traga seu encanto e beleza.
Estamos muito felizes e empolgadas com esta estação magica, somos apreciadoras do desabrochar das flores, para celebrar a estação vamos sugerir livros, para ler, apreciar e curtir durante esses dias floridos, sugerimos que antes de ler a postagem assistam este vídeo a primavera de Vivaldi, para entrarem no clima. 

Primavera de Vivaldi 



Ola! Leitores do Mosaico, como foi dito anteriormente vamos indicar alguns livros para lerem nesta estação, eu Thais vou indicar os cinco livros a baixo e a Mariana os próximos cinco, pois esta é uma postagem em conjunto acho que já percebem que fazemos postagens em conjunto de vez em quando. Então minha proposta de leitura é algo leve e romântico, são liv…

Resenha - The Kiss of Deception

As crônicas de amor e ódio, é um dos melhores livros de fantasia que eu li recentemente, a história me surpreendeu bastante, para ser sincera eu esperava apenas um romance modesto, no entanto o livro é além disso, além da fantasia temos muita aventura, ação e um romance que te deixara apaixonado pelos personagens.
Pode-se levar anos para moldar um sonho, mas é preciso apenas um segundo para despedaçá-lo."
A autora Mary E. Pearson me ganhou por utilizar elementos previsíveis para criar uma trama inteligente, mágica, cheia de manipulações políticas e focada no amadurecimento de seus protagonistas. Fazia tempo que não lia algo tão grandioso e apaixonante.
 Eu sabia que o livro se passa em um ambiente medieval e  indicado para fãs de Game Of Thrones estava esperando uma narrativa mais histórica e romântica. Mas, para minha surpresa, esse livro trouxe um equilíbrio entre esses dois gêneros de forma arrebatadora. "Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a pro…

Resenha - A Fúria e a Aurora

Sobre este livro posso dizer apenas que fiquei encantada pela leitura, a escrita te prende de certa forma, pois esta é a intensão da autora Renée Ahdieh, cativar o leitores com mistérios e instigar através de uma personagem corajosa e destemida, que se laça em uma fúria desesperada, para suprir seu desejo de vingança. A Fúria e a Aurora é um retelling do clássico As Mil e Uma Noites, com uma pitadinha extra de magia e muito, mas muito romance. É um exemplo muito bom de como um retelling deve ser: manter as características originais da narrativa, mas dar um toque especial que envolve o leitor ainda mais. A leitura é  instigante, pois as cenas são descritas com esmero, no intuito de transporta-lo diretamente para as arabias e vivenciar  o conto das mil e uma noites, aos poucos segredos vão sendo revelados, intensões e sentimentos são descobertos, mas nunca o tão esperado motivo pelo qual o rei mata suas esposas ao surgir da aurora.
O segredo de um bom escritor é ser um bom contador de h…