Pular para o conteúdo principal

Resenha - O Amor nos Tempos do Ouro



Este livro é apaixonante, a escritora Marina Carvalho é levada por um misto das melhores obras da literatura brasileira,  é possível identificar na prosa traços que me lembram do escritor José de Alencar, mas não apenas isso a forma como o livro foi estruturado  é fascinante, há cartas de amor  de Fernão (mocinho da história) e o diário de Cécile (mocinha) que incrementam o livro de uma forma romântica, pois assim eles expressão todos os seu sentimentos em um transbordar de emoções.
Eu já disse que o livro é apaixonante? Não há como expressar o meu faciono por este livro fiquei encantado com trechos de  poemas brasileiros em cada capitulo, poetas como Gonçalves Dias, Castro Alves, poemas referentes ao amor, as belezas desta terra brasileira, aos índios e poemas que relatam o sofrimento da escravidão, eu me encantei pela obra, não por ser mais um livro de romance estilo  Romeu e Julieta, mas por ser brasileiro como as tipicas literaturas escritas a  100 anos atras, falam sobre lendas do nosso povo, a colonização, o desbravamento, a miscigenação de povos a formação da cultura brasileira, envolvente até a ultima pagina.

 "Cécile Lavigne perdeu todos os que amava e agora está sozinha no mundo. Ela, uma franco-portuguesa que ainda não completou vinte anos, está sendo trazida ao Brasil pelo único parente que lhe restou, o ambicioso tio Euzébio, para casar-se com o mais poderoso dono de terras de Minas Gerais, homem por quem Cécile sente profundo desprezo. Após desembarcar no Rio de Janeiro, Cécile ainda precisará fazer mais uma difícil viagem. O trajeto até Minas Gerais lhe reserva provações e surpresas que ela jamais imaginaria. O explorador Fernão, contratado por seu futuro marido para guiá-la na jornada, despertará nela sentimentos contraditórios de repulsa e de desejo. Antes de enfim consolidar o temido casamento, Cécile descobrirá todos os encantos e perigos que existem nessa nova terra, assim como os que habitam o coração de todos nós. Com o passar dos dias, crescerá dentro dela a coragem para confrontar todas as imposições da sociedade e também o seu próprio destino."

O que mais eu poderia dizer simplesmente amei a escritora veio para marcar essa nova geração de escritores brasileiros, espero que tenha gostado da resenha e leiam o livro, deixe as belas palavras e a prosa quase poética de O Amor nos Tempos do Ouro te encantar.




Marina Carvalho nasceu em Ponte Nova, Minas Gerais, conhecida como a terra da goiabada. Adora queijo, rock progressivo, pudim de leite condensado, café com pouco açúcar e filmes com finais felizes. Ama ler, seja um bom livro policial, um chick-lit despretensioso ou o jornal do dia. Quando criança lia as revistinhas da Turma da Mônica, incentivada pela mãe, e ficava esperando ansiosamente pela chegada delas todos os meses. Formou-se em Jornalismo pela PUC-Minas e exerceu o cargo de assessora de comunicação de uma empresa por sete anos. Hoje é professora de língua portuguesa e literatura na Escola Nossa Senhora Auxiliadora. Mora em sua cidade natal com o marido e os dois filhos.

Postagens mais visitadas deste blog

Melhores Séries, Trilogias e Sagas

As séries andam fazendo grande sucesso na literatura; podemos passar horas viajando neste mundo, assistindo as adaptações, e descobrindo as novidades! O grande diferencial das sagas é a sequencia, e por isto acabamos nos envolvendo de forma mais intensa,ficamos loucos pelos os laçamentos e passamos à ficar procurando por novas sagas!
Então o Mosaico de Livros separa aqui para vocês algumas das séries que andam tendo reconhecimento estrondoso entre os leitores. Neste clima de ferias escolha a sua, pegue os óculos, uma xícara de café e se aconchegue no sofá!



1- A Mediadora
A mediadora, escrito por nossa adorada Meg Cabot escritora da série de livros O Diário da Princesa.
Falar com um fantasma pode ser assustador. Ter a habilidade de se comunicar com todos eles então é de arrepiar qualquer um. A jovem Suzannah seria uma adolescente nova-iorquina comum, com seu indefectível casaco de couro, botas de combate e humor cáustico, se não fosse por um pequeno detalhe: ela conversa com mortos. Suzann…

William Shakespeare

Um gênio da literatura, mundialmente conhecido, um dos escritores mais famoso do mundo e o mais apaixonado, criador dos mais belos sonetos da língua inglesa, desde pequenos ouvimos falar sobre ele, em filmes, livros, revistas e jornais, nos encantamos por suas obras, são fascinantes simplesmente apaixonantes. Eu realmente gostaria de saber se William de fato amou alguém como ele descreve, poderia um homem amar desta forma? Ainda não sei essa resposta talvez nunca saberei, mas sei que vou acreditar ser possível, pois as obras de William são compostas com uma profunda paixão da qual nunca vi em outro escritor, William ainda dá preciosos conselhos para a vida em outras obras.
O que mais posso dizer sobre este escritor genial que conquistou o mundo com suas obras poéticas e apaixonadas, sou grande fã dele assim como a Jane Austen, Sigmund Freud, Goethe e o brasileiro Machado de Assis.

Biografia resumida e obras 

Shakespeare é considerado um dos mais importantes dramaturgos e escritores de to…

Primavera

Então a primavera chegou abra as janelas e deixe que ela entre, sinta o aroma das flores que percorre o ar, se deleite com as cores vivas das pétalas que apenas a primavera pode proporcionar. Este breve instante da natureza  nos faz apaixonar pela vida, seja bem vida primavera, traga seu encanto e beleza.
Estamos muito felizes e empolgadas com esta estação magica, somos apreciadoras do desabrochar das flores, para celebrar a estação vamos sugerir livros, para ler, apreciar e curtir durante esses dias floridos, sugerimos que antes de ler a postagem assistam este vídeo a primavera de Vivaldi, para entrarem no clima. 

Primavera de Vivaldi 



Ola! Leitores do Mosaico, como foi dito anteriormente vamos indicar alguns livros para lerem nesta estação, eu Thais vou indicar os cinco livros a baixo e a Mariana os próximos cinco, pois esta é uma postagem em conjunto acho que já percebem que fazemos postagens em conjunto de vez em quando. Então minha proposta de leitura é algo leve e romântico, são liv…

Resenha - The Kiss of Deception

As crônicas de amor e ódio, é um dos melhores livros de fantasia que eu li recentemente, a história me surpreendeu bastante, para ser sincera eu esperava apenas um romance modesto, no entanto o livro é além disso, além da fantasia temos muita aventura, ação e um romance que te deixara apaixonado pelos personagens.
Pode-se levar anos para moldar um sonho, mas é preciso apenas um segundo para despedaçá-lo."
A autora Mary E. Pearson me ganhou por utilizar elementos previsíveis para criar uma trama inteligente, mágica, cheia de manipulações políticas e focada no amadurecimento de seus protagonistas. Fazia tempo que não lia algo tão grandioso e apaixonante.
 Eu sabia que o livro se passa em um ambiente medieval e  indicado para fãs de Game Of Thrones estava esperando uma narrativa mais histórica e romântica. Mas, para minha surpresa, esse livro trouxe um equilíbrio entre esses dois gêneros de forma arrebatadora. "Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a pro…

Resenha - A Fúria e a Aurora

Sobre este livro posso dizer apenas que fiquei encantada pela leitura, a escrita te prende de certa forma, pois esta é a intensão da autora Renée Ahdieh, cativar o leitores com mistérios e instigar através de uma personagem corajosa e destemida, que se laça em uma fúria desesperada, para suprir seu desejo de vingança. A Fúria e a Aurora é um retelling do clássico As Mil e Uma Noites, com uma pitadinha extra de magia e muito, mas muito romance. É um exemplo muito bom de como um retelling deve ser: manter as características originais da narrativa, mas dar um toque especial que envolve o leitor ainda mais. A leitura é  instigante, pois as cenas são descritas com esmero, no intuito de transporta-lo diretamente para as arabias e vivenciar  o conto das mil e uma noites, aos poucos segredos vão sendo revelados, intensões e sentimentos são descobertos, mas nunca o tão esperado motivo pelo qual o rei mata suas esposas ao surgir da aurora.
O segredo de um bom escritor é ser um bom contador de h…